sábado, 23 de julho de 2011

NORMAS BRANCAS

As coisas são coisas perdidas
Poderes de um rei adormecido
Nobres olhares dos sonhos pacíficos
Perfume que autoriza o sorriso

Telefones e números auditivos
Fotografias antigas e lençol branco
Palavras de um anjo eclesial
Janelas abertas e portas fechadas