quarta-feira, 22 de agosto de 2012

HOMEM COMUM (Trilogia Poética - Parte 01)

Ele era um brasileiro comum
Ele foi o mais belo dos homens
Ele amou as mais belas mulheres
 
Todas as noites as flores são discretas
Todas as noites as crianças dormem cansadas
Todas as noites as mulheres esperam seus maridos
 
Ele amou todas as suas lembranças
Ele sonhou ser feliz na infância
Ele nunca vai desistir de viver