segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

LIBERDADES

Deixo perdido os olhares
E encontro flores no chão
Suaves abraços carinhosos
Alma inculta cheia de fé

As manhãs nas ruas são ausentes
Liberdades
Noites sem luar transgridem
Liberdades

Azul é a cor do céu
Efêmeras lembranças
Lembranças efêmeras
A coe do céu é azul

Liberdades
Nas manhãs de ruas ausentes
Liberdades
Com noites transgridem o luar

Nenhum comentário: